Livros

Abaixo apresentamos livros relacionados à Espiritualidade Passionista:


capa-mistico-da-paixao.jpgO Místico da Paixão

O título Místico da Paixão é um dos que pode definir a poliédrica figura de São Paulo da Cruz, fundador da Congregação da Paixão de Jesus Cristo, popularmente chamada de Passionista. A vida e o ministério de Paulo da Cruz tiveram o Crucificado como ponto de referência. A Paixão de Jesus foi a chave da sua santidade, fonte da sua mística e força da sua pregação. A contemplação do Cristo na cruz o modelou e fez dele um místico apaixonado, um ardoroso e incansável pregador de missões populares, fundador da Congregação Passionista e santo.

Paulo da Cruz foi definido o maior místico da Paixão do século XVIII. Nele, a Mística da Paixão está intimamente relacionada com a espiritualidade da Paixão, que é uma forma de viver a mesma. Para ele, a Mística da Paixão tem dois sentidos: é a mística da Paixão do próprio Cristo e a mística da Paixão vivida pelos cristãos. Cristo a vive primeiro em sua própria carne; depois a vive o cristão a quem o próprio Cristo faz dom.

São essas claras e profundas certezas, amadurecidas na fé e na oração, do nosso fundador, São Paulo da Cruz, que me levou a escrever uma síntese de sua vida e espiritualidade, da história da Congregação e da Província da Exaltação da Santa Cruz. É um subsídio para quem se aproximam pela primeira vez da vida e da espiritualidade de São Paulo da Cruz e da Congregação Passionista.

Degustação (leia um trecho em formato digital)
Este livro pode ser adquirido em uma de nossas secretarias paroquiais


capa_sao_paulo_cruz.jpgSão Paulo da Cruz

Atualmente também se publicam biografias de tipo jornalístico, com um estilo florido e atraente (ou que, pelo menos, se querem fazer passar como tal), a fim de tornar o santo simpático ao leitor contemporâneo de média cultura. Não é esta a intenção desta biografia. Aqui, o santo é apresentado como é, apoiado na base de uma documentação rigorosamente histórica: compete ao leitor perguntar-se a si próprio se a mensagem da sua vida lhe interessa ou não, e agir em conformidade.

Esta segunda edição reproduz fundamentalmente a primeira, que teve um ótimo acolhimento, com algumas pequenas alterações e atualizações. Verdadeiramente nova é a apresentação do itinerário de santidade proposto por São Paulo da Cruz para nós, hoje, apresentação que se encontra nos capítulos da III Parte. É uma tentativa que penso ampliar com fins formativos. Isso supõe que a vida e os ensinamentos de São Paulo da Cruz sejam ainda válidos e importantes, capazes de estimularem um autêntico caminho espiritual para Deus, sobretudo para a Família Passionista no seu conjunto, constituída por religiosos,religiosas e leigos associados. A sua eficácia só pode ser demonstradacom a experiência, que até agora tem sido positiva.

É difícil dizer se, fora da fé religiosa, será verdadeiramente possívelreviver a vida daqueles que nos precederam na história da humanidade. Contrariamente, é fácil pensar que, se não for pela fecundidade dos seus ensinamentos, da sua oração e, mais ainda, do seu sacrifício, os homens e as mulheres de Deus do passado voltem a viver em nós, que os recordamos com admiração e lhes rezamos. Estudar uma pessoa santa do passado é, principalmente, isto: reviver a sua vida, a sua morte por obediência a Deus e por amor, o seu doar-se à humanidade. Estas realidades permanecem: elas não são a vida eterna, mas, sim, um sinal, uma antecâmara, uma experiência do dogma da comunhão dos santos em Deus.

Degustação (leia um trecho em formato digital)
Este livro pode ser adquirido em uma de nossas secretarias paroquiais


capa-um-pensamento-cada-dia-ano.jpgUm pensamento para cada dia do ano

Estes “fragmentos”, extraídos das cerca de 2.000 cartas do Fundador, não nos parecem distantes da sensibilidade dos jovens de hoje, talvez distraídos e confusos pela onda da modernidade, mas também radicais e capazes de tomar decisões sérias. Mais: estamos convencidos que, para o homem contemporâneo, desagregado pela ânsia frenética do fazer, o imergir-se na fascinante personalidade de Paulo da Cruz desperta nele, seguramente, a nostalgia do Absoluto; e a consciência contagiada pela Verdade, que nele vive, faz-se ao largo em direção a uma outra margem de criatividade e de paz.

Ao apresentar estes “Pensamentos” – cuja linguagem, tanto quanto possível e conveniente, sofreu pequenas adaptações em referência ao original —, fazemos votos de que, lendo todos os dias uma destas “centelhas”, os destinatários possam alcançar a força necessária para enfrentar o dia com serenidade; porque, como dizia Paulo da Cruz, «é preciso animar e encorajar as almas e fazê-las caminhar com confiança em Deus; diversamente, nunca mais farão progressos no caminho da perfeição».

Degustação (leia um trecho em formato digital)
Este livro pode ser adquirido em uma de nossas secretarias paroquiais


capa-vox-patris.jpgVox Patris: Máximas espirituais de São Paulo da Cruz

São Paulo da Cruz, fundador dos Passionistas, foi um daqueles grandes homens poderosos em obras e palavras, que, no século do enciclopedismo e da revolução, Deus enviou à sua Igreja para que, com a virtude e santidade, servissem de barreira ao vício, e com a pregação assídua do Evangelho, chamassem as almas transviadas à divina escola das verdades reveladas. De suas cartas e anotações montou-se esta presente coleta de Máximas Espirituais, e que temos o prazer de oferecer em primeiro lugar aos Confrades Passionistas, para fazê-los ouvir de novo, com mais eficácia, a voz sempre amada do Pai; e também a todas aquelas almas que, desejosas do próprio progresso espiritual, quiserem aprender dele “não a sabedoria deste mundo, cuja obra se reduz a nada, mas sim, a sabedoria de Deus, a sabedoria humilde e escondida, que Deus preparou antes de todos os séculos para o nosso bem, e que nenhum dos sábios deste mundo conheceu”.

Degustação (leia um trecho em formato digital)
Este livro pode ser adquirido em uma de nossas secretarias paroquiais


cacador-de-almas.jpgSão Paulo da cruz: Caçador de almas

Esta obra traz uma das mais significativas e empolgantes biografias do grande místico e fundador da Família Passionista, São Paulo da Cruz. "Caçador de almas", assim era chamado Paulo da Cruz, pelo seu intenso desejo de levar as pessoas a conhecer o amor de Deus no Cristo Crucificado. Por mais de quarenta anos, viajou por todas as regiões da Itália e, com a luz do exemplo e da Palavra, sustentada e corroborada pelo poder de inúmeros prodígios, ele converteu os pecadores, conduziu os errantes à fé e foi guia espiritual de muitas pessoas desejosas de seguir o caminho da santidade.

Lendo este livro, o leitor se dá conta de que os apelidos dados a Paulo da Cruz são todos muito justos e dignos: "caçador de almas", 'gigante da Cruz", "místico e apóstolo do Crucificado". A Família Passionista do Brasil (FPB), celebrando os 300 anos da fundação da Congregação Passionista, agradece ao seu Fundador com este presente para o povo brasileiro. Vale a pena ler!

Degustação (leia um trecho em formato digital)

Compre Online 


capa-novena-sao-paulo-cruz.JPGNovena a São Paulo da Cruz

São Paulo da Cruz é chamado de "gigante da cruz", maior "místico e apóstolo do Crucificado", "apóstolo dos bandidos", grande "diretor de almas" e "pedagogo místico". Ele se define como um "milagre da infinita misericórdia de Deus". O livro traz uma novena para que possamos ser levados, por São Paulo da Cruz, a fazer contínua memória da Paixão de Jesus, a maior e mais estupenda obra do amor de Deus para conosco.

É fundamental para a salvação humana termos na memória a Paixão de Jesus sempre gravada no coração, para vivê-la e anunciá-la como o remédio mais eficaz contra todos os males do nosso tempo. O pequeno livro traz ainda a Ladainha a São Paulo da Cruz, e algumas das orações mais conhecidas dedicadas a ele: para a cura do câncer e para as gestantes.

Degustação (leia um trecho em formato digital)

Compre Online 


capa-novena-santa-gema-galgani.jpgNovena Santa Gema Galgani

Este livro traz uma breve história da vida de Gema Galgani, a bela santa italiana, que se identificou com Cristo crucificado e nos revela a beleza do amor. Gema passou por grandes sofrimentos e desejou ardentemente abraçar a vida de clausura, mas Deus dispôs diversamente, embora tenha imprimido em seu corpo virginal as chagas de Jesus, que ela levou em suas mãos, em seus pés e em seu peito.

Hoje é considerada, com toda a razão, filha espiritual da Congregação Passionista. Foi canonizada em 1940. A proposta é, ao longo de nove dias, abandonarmo-nos nas mãos de Deus, refletindo sobre a vida de Santa Gema e pedindo a sua santa intercessão junto a Jesus, pela cura dos enfermos e para que mereçamos também participar de sua glória.

Degustação (leia um trecho em formato digital)

Compre Online


capa-gloria-da-cruz.jpgA Glória da Cruz

Jesus, na cruz, nos revela a nova beleza e a força do amor. Na atrocidade inaudita da cruz, em que seu corpo "aparece aos olhos humanos, desfigurado e sem beleza, a ponto de obrigar os espectadores a desviar o rosto" (Is 53,2-3).

É a Glória da cruz, a beleza mesma de Deus, o amor infinito do Pai. A beleza de um Deus crucificado, que volve o olhar para o ser humano com piedade e misericórdia. O corpo de Cristo na cruz é lugar de vida, de acolhida para todos aqueles que fazem a opção de transformar o próprio corpo em um lugar de encontro, de reconciliação e de ressurreição.

Degustação (leia um trecho em formato digital)

Compre Online