Pastoral Vocacional

banner-pag-vocacional.jpg

Nós, Passionistas, fieis ao carisma do fundador:

1. Vivemos e trabalhamos em comunidades fraternas, fazendo da Memoria Passionis o nosso estilo de vida, cultivando o espírito de oração, de solidão e de penitência, para alcançarmos uma mais íntima união com Deus e sermos testemunhas do seu amor;

2. Seguimos a Jesus Cristo Crucificado, fazendo do Evangelho a regra suprema da nossa vida e a fonte perene do nosso apostolado;

3. logo_passionista.gifConsagramo-nos à Paixão de Jesus Cristo por meio do nosso voto especial. De fato, conscientes de que a Paixão de Jesus continua neste mundo até que ele volte em sua glória, compartilhamos as alegrias e tribulações dos homens, especialmente dos pobres e abandonados, donfortando-os e aliviando-os nos seus sofrimentos;

4. Levamos sobre o hábito um "emblema": um coração branco encimado por uma cruz, igualmente de cor branca, com a inscrição JESU XPI PASSIO (Paixão de Jesus Cristo). Este símbolo nos recorda o mandato de São Paulo da Cruz: "Dedicamo-nos a fazer memória dos sofrimentos de Jesus e a promover, no coração dos fieis, uma verdadeira devoção à sua Paixão".

 

A Vocação Passionista é para todos
um convite à plenitude do amor cristão,
apoiando o seu caminho na
força redentora da morte e
ressureição de Cristo,
mensagem central de todo
o nosso apostolado.

 

 

A Família Passionista

A família Passionista possui um mesmo carisma, com várias expressões. Quem faz parte desta tão diversificada família? Missionários Padres e Religiosos, Monjas, Irmãs, Leigos e Consagradas Seculares. Vejamos algumas caraterísticas particulares.

Missionários Passionistas – Comunidades fundadas por São Paulo da Cruz, constituídas de religiosos, sendo padres ou irmãos consagrados.

sao_paulo_cruz_desenho_2.gifReligiosas de Vida Contemplativa – Um dos grandes desejos de São Paulo da Cruz era fundar as religiosas de vida contemplativa. A primeira redação das Regras foi elabora por São Paulo da Cruz em 1767. E em 1771, ele funda o primeiro mosteiro na cidade de Tarquínia – Itália.

Irmãs de São Paulo da Cruz – A Congregação das Irmãs Passionistas de São Paulo da Cruz, foi fundada em Florença, na Itália, no dia 17 de março de 1815 pela Marquesa Maria Madalena Frescobaldi Capponi, com a profissão das primeiras 4 Religiosas: Verônica, Gertrudes, Crucifixa e Cleofe. Vivenciando o Carisma de Fazer Memória da Paixão de Jesus e das Dores de Maria Santíssima, o novo Instituto nasce com o objetivo de reeducar jovens e mulheres prostituídas, para que recuperadas, pudessem voltar à vida digna na sociedade.

Comunidades Leigas Passionista – É um grupo de leigos que partilham conosco o carisma de fazer a memória da Paixão. Reúnem em comunidades chamadas CLP (comunidade leiga Passionista), vivem o carisma no cotidiano e partilham sua experiência de Deus com os irmãos.

Instituto Secular da Paixão – O dia 24 julho 2000, Pe. José A. Orbegozo, Geral da Congregação Passionista, agrega o Instituto à família Passionista. É um instituto secular animado da espiritualidade da Paixão de Jesus. O Fundador do Instituto Secular das Missionárias Seculares da Paixão é o Padre Generoso Privitera, Passionista da comunidade de Mascalucia (Catania). O Instituto é composto das Missionária e dos Casais “associados”. A espiritualidade e a missão do Instituto é “Vivem no mundo, mas não serem do mundo”.

Confraria da Sagrada Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo - A Confraria foi fundado por São Paulo da Cruz em 1775 e surge como uma adptação das regras da Congregação Passionista para a vivência dos leigos. A Confraria atua nas paróquias dirigidas pelos Missionários passionistas e são os mesmos que as acompanham como um presente de Deus dado no Coração da igreja pela inspiração de São Paulo da Cruz. Os leigos que dessa Confraria fazem parte carregam como marca e expressão viva no peito como verdadeiro escapulário da Paixão, o Amor a Eucaristia; a Piedade Evangélica e o Apostolado de serviço aos Crucicados de nossos tempos

 

Missão da Pastoral Vocacional

Despertar nos jovens o desejo de testemunhar a Pessoa de Jesus Cristo, na perspectiva do carisma de São Paulo da Cruz, promovendo uma cultura vocacional à luz da memória passionis, “como remédio mais eficaz para todos os males do mundo”.

Apresentar a espiritualidade e o carisma passionista de modo atraente, como fonte de seguimento e adesão a Cristo Crucificado. Segundo o desejo do nosso Pai Fundador: “anunciar o Evangelho de Cristo aos homens”,  levando o jovem a assumir o compromisso do sacramento do Batismo, através da sua resposta vocacional no serviço de Cristo, da Igreja e da sociedade.

 banner-jovens-santos.jpg

 

SE VOCÊ JOVEM DESEJA CONHECER MAIS SOBRE O CARISMA E A CONGREGAÇÃO PASSIONISTA E FAZER A EXPERIÊNCIA DO DISCERNIMENTO VOCACIONAL EM NOSSA PROVÍNCIA, ENTRE EM CONTATO CONOSCO!

 

 

oracao_vocacional.jpgOração Vocacional Passionista

Deus nosso Pai, que chamastes tantos jovens a viverem na Família Passionista, a compaixão do vosso Filho Jesus Crucificado. Continuais fazendo o mesmo apelo dentro de nossas famílias e em meio a nossa juventude.

Chamai, Senhor, para vosso serviço, jovens disponíveis e solidários com os pobres e marginalizados, prontos a testemunharem a filiação e a fraternidade, na alegria do anúncio de Jesus Cristo, pelaforça da Palavra da Cruz. Isto vos pedimos, ó Pai, pela intercessão de São Paulo da Cruz, da Virgem das Dores e pelo vosso Filho Jesus Cristo, na unidade do Espírito Santo. Amém.